Medidas que ajudam a evitar acidentes durante a quadra junina

0
429

celpa

Os cuidados com a rede elétrica nesta época do ano devem ter uma atenção redobrada

 

Com a quadra junina se aproximando, a população deve ficar atenta às medidas para evitar acidentes na hora de elaborar e montar estruturas para as festas do período.  Para que os eventos ocorram com segurança e sem qualquer tipo de contratempo, os cuidados devem ser redobrados no que diz respeito à rede de energia elétrica, seja na hora de enfeitar as vias ou até mesmo na hora de montar um comércio informal durante a temporada festiva.

 

De acordo com o executivo da área de Segurança da Celpa, Alex Fernandes, ocorrências graves podem ocorrer no momento de colocar as famosas bandeirinhas. “É de extrema importância não tocar nos fios da rede elétrica ao manobrar barras de metal, canos, arames ou qualquer artifício metálico que costuma ser usado para prender o ornamento.  Além do mais, as faixas e bandeirinhas devem ser colocadas com material totalmente isolante”, orienta.

 

Outro alerta está relacionado aos postes, que não devem, em hipótese alguma, ser utilizados para suporte dos adereços juninos. “Nesse cenário nós temos também os cabos elétricos, que jamais devem ser usados para instalar qualquer tipo de enfeite. Outros assessórios como corda e barbantes jamais devem ser amarrados aos fios elétricos, pois há riscos de descargas elétricas e podem provocar queimaduras graves e até a morte. Somente técnicos da distribuidora estão treinados para manusear a rede elétrica”, reforça Alex.

 

Outro possível agente causador de acidentes na época junina são as fogueiras, que, em toda e qualquer situação, devem manter distância da fiação elétrica. Caso ocorra uma proximidade, o calor intenso vai fazer com que haja rompimento e a queda dos cabos. Por isso elas jamais devem ser montadas embaixo dos fios elétricos.  Os fogos de artifício também não devem ser lançados na direção de postes e condutores.

 

COMÉRCIO INFORMAL – Em relação a montagem de barraquinhas, camarotes, arquibancadas, palanques, palcos e a utilização de veículos de som, deve-se levar em conta alguns itens. A distância mínima de segurança dessas estruturas em relação à fiação elétrica dever ser de 1,5m. Durante a montagem e a desmontagem das estruturas, os operários deverão ficar atentos a essa distância e manusear ferramentas e peças metálicas com extremo cuidado.

 

Nos casos de ligações à rede para eventos juninos, os organizadores podem procurar uma agência de atendimento da concessionária para solicitar a ligação provisória. A solicitação deve ser feita com antecedência, devendo informar qual a finalidade e endereço da ligação. Com esta medida, situações de sobrecarga são evitadas.

 

Em caso de acidente:

– O local deve ser isolado, para que não haja aproximação de pessoas;

– Não se deve retirar objetos ou pessoas que estejam em contato com fios até que um profissional qualificado assegure que a energia foi desligada para, assim, manter a segurança e a integridade física dos presentes;

– Jamais tocar em fios partidos;

– Acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193, e a Celpa, pelo número 0800 091 0196.

Comments

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA